ArabicBengaliChinese (Simplified)EnglishFrenchHindiPortugueseRussianSpanishUrdu

Esculturas feitas por abelhas são expostas no Museu

Busto da Rainha Nerfertiti / Crédito da Imagem: Tomás Libertini

Fonte de Inspiração

Todo mundo adora passar um tempo em contato coma natureza. E realmente ao observar podemos aprender muitas coisas, além de vivermos fortes emoções.

Nesse sentido você já dedicou seu tempo para observar algum inseto ou animal? Se sim, vai gostar de conhecer o Artista Tomás Libertiny, por exemplo, é fascinado por abelhas.

Nesse sentido ele ama observar a natureza, pois tem muito interesse em abelhas, além disso , ele produziu arte com ajuda das abelhas.

Agora você pode encontrar seu trabalho em museus pelo mundo!

Abelhas na Produção

Eventualmente muitos artitas usam da tecnologia para deixar seu trabalho mais interativo, porém o escultor optou por um design único.

Atualmente ele inicia sua obra com pequenos pedaços de arame, ou seja, inicia em suas mãos e depois a arte ganha vida com a cera e mel das abelhos.

Em suma com um pequeno esqueleto pré-fabricado com arame, e na sequência permite que as abelhas produzam seu mel ao redor dele.

Conheça o Artista

Tomas Libertiny antes de mais nada, vive e trabalha atualmente em Rotterdam. Através de sua arte, ele explora a beleza e a sabedoria da natureza.

Nascido na Eslováquia, filho de arquiteto e historiador, estudou na Kosice Technical University, na Eslováquia, com especialização em engenharia e design.

Ele recebeu uma bolsa de estudos do George Soros Open Society Institute e estudou na Universidade de Washington em Seattle, onde se concentrou em pintura e escultura.

Ele continuou a estudar desenho e design conceitual na Academia de Belas Artes e Design de Bratislava. Depois de receber a prestigiosa bolsa Huygens, ele se inscreveu para um programa de mestrado na Escola de Design de Eindhoven e concluiu o mestrado em 2006.

Juliana Rangel

Read Previous

“Vaga de Estágio em Comunicação- MASP”

Read Next

Analista Educativo Pleno- Museu da Imigração

Deixe uma resposta