ArabicBengaliChinese (Simplified)EnglishFrenchHindiPortugueseRussianSpanishUrdu

Analista Educativo Pleno- Museu da Imigração

Museu da Imigração- São Paulo tem vaga para Analista de Educativo Pleno

O Instituto de Preservação e Difusão da História do Café e da Imigração, entidade gestora do Museu da Imigração, torna pública a abertura de vaga conforme descrição abaixo:

Analista Educativo Pleno (1 vaga)

Pré-requisitos: Ensino superior na área de Humanas. Boa redação. Desejável comunicação em inglês.

Perfil desejado: Organização, boa capacidade de relacionamento, iniciativa. Boa comunicação escrita e falada. Conhecimentos em informática (Word, Excel, Power Point). Experiência na área educativa, como educador em instituições culturais, sociais e/ou escolares. 

Atribuições da função: Atuar junto à organização das rotinas do núcleo Educativo, em interface com as demais equipes que atuam com atendimento ao público. Organizar a tabulação de dados e elaboração de relatórios de atividades do núcleo Educativo para as instâncias necessárias. Acompanhar e tabular a pesquisa de satisfação do público escolar e outros instrumentos de avaliação do programa Educativo. Atender visitantes espontâneos no espaço expositivo e grupos, quando necessário. Organizar a rotina diária interna da equipe educativa, como  escala de trabalho, almoço, horários alternativos, folgas e férias.

Onde exercerá a função: Museu da Imigração, São Paulo – SP

Carga horária: Jornada de 40 horas semanais, regime CLT, em escalas sábados, domingos e feriados. 

Benefícios: Vale Transporte, Vale Refeição, Plano de Saúde e Plano Odontológico.

Seleção: A seleção será feita por meio da análise de currículo e entrevistas agendadas.

Obs.: Os currículos devem ser encaminhados por e-mail para vagas@museudaimigracao.org.br  com o assunto “ANALISTA DO EDUCATIVO PLENO”, até 28 de Julho de 2021.

QUERO VER MAIS VAGAS

fonte e texto: Museu da Imigração

Priscila Poltroniere

Read Previous

Esculturas feitas por abelhas são expostas no Museu

Read Next

Baixe Grátis 900 mil documentos da Biblioteca da ONU

Deixe uma resposta