Cryodrakon boreas: o “dragão congelado” encontrado no Canadá

Se você é fã de Guerra dos Tronos, vai gostar dessa novidade. Cientistas identificaram uma nova espécie de pterossauro gigante que existiu há mais de 75 milhões de anos. Os pesquisadores encontraram o animal há cerca de 30 anos atrás no Dinosaur Provincial Park, no sul de Alberta, Canadá. No entanto, somente agora os cientistas conseguiram confirmar que seja uma outra espécie, e não outro pterossauro, o Quetzalcoatlus. Aliás, essa foi chamada de Cryodrakon boreas (“frozen dragon of the north”, em tradução livre “dragão congelado do norte”) e acreditam que chegava ao tamanho de um avião.

O Cryodrakon boreas viveu durante o período Cretáceo, da Era Mesozoica. A espécie pertence à família dos azdárquios, os maiores pterossauros voadores. Seu comprimento era de aproximadamente 10 metros com 230 quilos. Era carnívoro e, portanto, se alimentava de lagartos, mamíferos e outros dinossauros. Além disso, eram capazes de voar distâncias continentais.

Os fósseis encontrados incluíam pernas, pescoço, uma costela e parte das asas. Estes pertenciam a um Cryodrakon boreas relativamente jovem e, por isso, acreditam que se assemelhava em tamanho a um jato ou um pequeno monomotor.

Cientistas identificam Dragão Congelado pré-histórico no Canadá - 1
Fonte: CNN
One of Cryodrakon's neck bones.
Um dos ossos do pescoço. Fonte: CNN.

Infelizmente para nós, fãs de GOT, não há evidências de que esse animal cuspia fogo azul como Viserion, mas a descoberta continua sendo incrível.

Fonte: CNN

Foto de Capa: meramente ilustrativa (pixabay)

Read Previous

Evento gratuito de Folia de Reis no Museu do Pontal

Read Next

Jardim Ecológico Uaná Etê e Centro Cultural

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.