ArabicBengaliChinese (Simplified)EnglishFrenchHindiPortugueseRussianSpanishUrdu

Arquivo Nacional disponibiliza exposições virtuais

Subordinado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, o Arquivo Nacional é responsável pela gestão, preservação e difusão dos documentos da administração pública federal, além de realizar exposições. Em suas duas unidades, no Rio de Janeiro e em Brasília, o Arquivo Nacional guarda cerca de 55 km de documentos textuais; 1,74 milhão de fotografias e negativos, 200 álbuns fotográficos, 15 mil diapositivos, 4 mil caricaturas e charges, 3 mil cartazes, um mil cartões postais, 300 desenhos, 300 gravuras e 20 mil ilustrações, além de mapas, filmes e registros sonoros.

As exposições disponibilizadas virtualmente incluem diversos assuntos que permeiam a história do Brasil, como territórios indígenas, imagem da mulher no país, jogos da copa, música nacional, política, jornalismo, imprensa, imigração, guerras e outros. “Desde 1989 o Arquivo Nacional promove exposições com amplo leque temático e cronológico de forma a divulgar o acervo, compreendido entre o século XVI até nossos dias e composto por documentos textuais, audiovisuais, cartográficos e de livros raros, bem como a preservação, a descrição e outras práticas arquivísticas subjacentes a esses produtos. As curadorias dessas mostras, exibidas em diversos espaços culturais brasileiros, estabelecem possibilidades interpretativas que transcendem a organização original dos documentos. A remontagem em meio virtual recupera a memória das exposições realizadas nas últimas décadas e amplia as fronteiras de acesso à Instituição alcançando novos e diversificados públicos. O site Exposições Virtuais no Arquivo Nacional permite também a edição de exposições criadas exclusivamente para ambiente digital”.

Para visualizar as exposições virtuais do Arquivo Nacional, acesse o link; http://exposicoesvirtuais.an.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=201

O Click Museus é um projeto que visa aproximar o público dos museus, democratizando o acesso às instituições culturais. Para conhecer mais sobre o projeto, acesse o link: https://clickmuseus.com.br/coletivo-akangatu-projeto-click-museus/

Lara mazeto

Read Previous

O Genocide Memorial Centre (Memorial do Genocídio) de Kigali, Ruanda

Read Next

Pina abre vaga para Estágio Conservação e Restauro

Deixe uma resposta