Vândalos atacam três museus em Berlim e danificam 63 peças, incluindo sarcófagos egípcios

Ataques de vandalismo aconteceram no dia 3 de outubro de 2020 em Berlim, na chamada “Ilha de Museus” – complexo classificado em 1999 como Patrimônio Mundial da Unesco. O Museu Pergamon, Alte Nationalgalerie e o Museu Novo tiveram parte de seus acervos danificados por um óleo transparente que foi despejado em pinturas renascentistas e sarcófagos. A quantidade do acervo que foi danificado chega a totalizar 63 peças.  

Carros da polícia são vistos em frente ao Museu Pergamon, na ‘Ilha dos Museus’, em Berlim, nesta quarta-feira (21) — Foto: Fabrizio Bensch/Reuters (fonte: G1)

Não se sabe a motivação dos ataques que aconteceram no dia de celebração da reunificação alemã no País, mas de acordo com o jornal Die Zeit, este é “um dos mais extensos ataques a obras de arte e antiguidades da história da Alemanha na pós-guerra”. A mídia alemã acredita que os ataques estão relacionados com teorias da conspiração extremamente polêmicas compartilhadas nas redes sociais nos últimos meses, envolvendo religião e conspirações políticas. Essa hipótese é levantada pelo vazamento de mensagens do Telegram de um dos maiores conspiracionistas do país, que disse acreditar que existem objetos utilizados em cultos de magia negra dentro do Museu Pergamon e que Angela Merkel estaria envolvida.  

Julia Teixeira Reis

Read Previous

Pina contrata ESTAGIO PARA CEDOC

Read Next

Conheça o Baixista Cleber Fogaça

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: