ArabicBengaliChinese (Simplified)EnglishFrenchHindiPortugueseRussianSpanishUrdu

PORTAL GRANDE SERTÃO

PORTAL GRANDE SERTÃO

O Portal Grande Sertão, inaugurado em Cordisburgo na Praça Miguilim em 27 de junho de 2010, data em que Guimarães Rosa completaria 102 anos de vida, constitui importante obra artística através da qual a população cordisburguense presta mais uma homenagem ao filho ilustre de sua terra. Concebido e elaborado pelo artista plástico Leo Santana, o monumento “marca a entrada do sertão mineiro” e faz referência àquela que é considerada a grande obra-prima do escritor, o livro Grande Sertão: Veredas que em 2021 está completando 65 anos. Lançado em 1956, o terceiro livro de Rosa narra o amor proibido do personagem Riobaldo por seu amigo Diadorim, em meio ao sertão dominado pela luta entre fazendeiros e jagunços. O lançamento da obra causou grande impacto no cenário literário nacional, acarretando, inclusive, sua tradução para outros idiomas.

Portal Grande Sertão – Foto: Ronaldo Alves

As obras Grande Sertão: Veredas e Corpo de Baile, publicada também no início de 1956, tiveram influência direta da viagem empreendida por Guimarães Rosa em 1952. Nesta viagem, que durou dez dias, Rosa e uma Comitiva constituída de oito vaqueiros encarregaram-se do transporte de uma boiada que partiu da Fazenda Sirga, em Três Marias, com destino à Fazenda São Francisco, no município de Araçaí, tendo Cordisburgo como ponto de passagem.

Portal Grande Sertão – Foto: Ronaldo Alves

As sete esculturas de bronze do Portal Grande Sertão, além da escultura de um cachorro, foram feitas por Leo Santana e inspiradas na viagem da década de 1950. O monumento retrata seis dos oito vaqueiros integrantes da Comitiva e o escritor Guimarães Rosa, a figura de pé atrás dos cavalos e que traja terno e gravata borboleta. Especula-se, porém, que o vaqueiro que tem o corpo voltado em direção ao escritor seja, na verdade, outra representação de Rosa, alusiva à famosa fotografia de Eugênio Silva tirada durante a viagem.

Portal Grande Sertão – Foto: Ronaldo Alves

INFORMAÇÕES:

Museu Casa Guimarães Rosa – Avenida Padre João, 744, Cordisburgo/MG – CEP: 35780-000

E-mail: museuguimaraesrosa@secult.mg.gov.br

Instagram: instagram.com/museuguimaraesrosa

Facebook: facebook.com/museucasaguimaraesrosa.mg

Youtube: youtube.com/c/MuseuCasaGuimarãesRosa

Museu Casa Guimaraes Rosa

O Museu Casa Guimarães Rosa/MCGR, vinculado à (DIMUS) Diretoria de Museus da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, foi idealizado no contexto de dois acontecimentos: o falecimento repentino de João Guimarães Rosa em 19 novembro de 1967 e a criação no ano de 1971 do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais – IEPHA/MG. Inaugurado em 30 de março de 1974 na casa onde Guimarães Rosa nasceu e passou sua infância em Cordisburgo, o Museu foi concebido como centro de referência da vida e obra do escritor João Guimarães Rosa.

Read Previous

UNIFESP oferta mais de 18 cursos online e gratuito

Read Next

3 ebooks sobre educação gratuitos para você baixar

One Comment

Deixe uma resposta