ArabicBengaliChinese (Simplified)EnglishFrenchHindiPortugueseRussianSpanishUrdu

MARGS convida para Exposição: A boneca sou eu

Lia Menna Barreto: Trabalhos 1985 – 2021

Exposição é a maior já realizada da artista e a primeira a reunir um conjunto de obras tão extenso e
abrangente de sua carreira, reunindo dezenas de obras que totalizam centenas de peças em exibição
Lia Menna Barreto é uma das mais notáveis artistas da Geração 80 no Rio Grande do Sul,
sendo desde os anos 1990 nome de ampla inserção no circuito brasileiro de arte contemporânea

Foto de Divulgação: MAARGS

O Museu de Arte do Rio Grande do Sul — MARGS, instituição vinculada à Secretaria de Estado da
Cultura do RS — SEDAC, reabre na terça-feira, dia 11.05.2021, mediante agendamento prévio,
inaugurando a exposição inédita “Lia Menna Barreto: A boneca sou eu — Trabalhos 1985-2021”.
A mostra traz a público a produção e trajetória de uma das mais notáveis artistas entre a chamada
Geração 80 no Rio Grande do Sul, e desde os anos 1990 nome destacado e com ampla inserção no
circuito de arte contemporânea brasileira e mesmo internacional.

Foto de Divulgação: MAARGS


A exposição apresenta dezenas de obras, que totalizam centenas de peças em exibição, traçando um
panorama da trajetória de mais de 30 anos de uma produção pautada pela liberdade de trânsito e
contaminações entre múltiplas linguagens e materiais, na intersecção entre arte, vida e cotidiano.
Com curadoria de Francisco Dalcol, diretor-curador do MARGS, e Fernanda Medeiros,
curadora-assistente, esta é a maior mostra já realizada da artista e a primeira a reunir um conjunto
de obras tão extenso e abrangente de sua carreira.

Foto de Divulgação: MAARGS


A ampla exposição ocupa todos os espaços expositivos do 1o andar do MARGS: as 3 galerias das
Pinacotecas, as Salas Negras e a Sala Aldo Locatelli, além do foyer à entrada do Museu.
Seguindo as novas orientações do Governo do Estado do RS em relação à pandemia da Covid-19, o
MARGS adotou uma série de medidas sanitárias e de regras de acesso e visitação necessárias para
garantir uma visita segura e que ofereça uma experiência que possa ser aproveitada da melhor
maneira: máximo de 15 visitantes simultâneos (sendo grupos até 6 pessoas), controle de fluxo de
entrada, uso obrigatório de máscara, medição de temperatura e respeito à distância de 2m.

Foto de Divulgação: MAARGS


Em acordo com a legislação vigente, neste primeiro momento o MARGS reabre para visitação
mediante agendamento prévio nas modalidades “Visita presencial sem mediação” e “Visita
presencial com mediação”, que deve ser feito pela plataforma Sympla
(www.sympla.com.br/produtor/museumargs).

Foto de Divulgação: MAARGS

O período segue de terça-feira a domingo, das 10h às 19h (último acesso 18h), sempre com entrada
gratuita. No caso da “Visita presencial com mediação”, serão 2 faixas de horários, para grupos de até
6 pessoas: 11h às 12h e 14h às 15h, de terça-feira a sábado.

Juliana Rangel

Read Previous

Baixe 17 livros PDFs GRÁTIS de Paulo Freire

Read Next

Conheça Museus do Cinema ao redor do mundo

Deixe uma resposta