ArabicBengaliChinese (Simplified)EnglishFrenchHindiPortugueseRussianSpanishUrdu

CCBB Educativo – Transversalidades: “A resiliência das estrelas”

O Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB), assim como muitas instituições culturais nesse período de pandemia, tem oferecido diferentes atividades online, através de seu Programa Educativo – Arte & Educação, com o intuito de estimular a experiência, a criação, a investigação e a reflexão.

Dentro das atividades oferecidas junto a formação de mediadores, e o laboratório de crítica, está o projeto “Transversalidades”, que visa apresentar diferentes relações do mundo com a arte. Um curso voltado para professores e educadores (mas que também é aberto ao público em geral), e que conecta questões presentes nas exposições, a urgências e reflexões cotidianas. Dentre os temas propostos regularmente, encontramos desde práticas artísticas e sócias, a memória, além de produção de subjetividades, de território e de patrimônio.

Para o mês de Julho, o CCBB Educativo, apresenta, dentro do quadro de transversalidades, o tema “A resiliência das estrelas: o céu como patrimônio histórico, cultural e natural da humanidade”, com o professor Dr. Alan Alves-Brito, que abordará “o céu diurno e o céu noturno numa perspectiva museológica, de valor cultural, histórico e natural, em que variadas narrativas de povos distintos que passaram pela Terra serão revisitadas, traduzindo a resiliência de estrelas, planetas e da própria Via-Láctea” – o CCBB. 

Para quem não conhece o pesquisador, o Centro Cultural disponibilizou uma pequena biografia ao público:

Alan Alves-Brito é homem negro, nordestino, astrofísico, mestre e doutor em ciências, com pós-doutorados no Chile e na Austrália. Professor adjunto no Instituto de Física da UFRGS, desenvolve atividades de ensino, pesquisa, extensão e gestão. Integra os Programas de Pós-graduação em Física, Ensino de Física e coordena o Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros, Indígenas e Africanos da UFRGS. Autor de 2 livros de educação/divulgação, um deles finalista do Prêmio Jabuti 2020 na categoria Ensaio de Ciências.

O curso acontecerá no dia 30 de Junho, das 15h às 17hs, através da plataforma “Sympla – Zoom, com duração 2hs e classificação livre (mas é indicado para maiores de 16 anos). Para participar será necessária a realização de uma inscrição, que pode ser acessada pelo site da instituição. Além disso, o evento será acessível em Libras!

Clique aqui e conheça mais sobre o Coletivo Akangatu e o Projeto Click Museus!

Renata Rodrigues

Read Previous

Museu convida para Curso gratuito sobre Chaplin

Read Next

O Genocide Memorial Centre (Memorial do Genocídio) de Kigali, Ruanda

Deixe uma resposta