ArabicBengaliChinese (Simplified)EnglishFrenchHindiPortugueseRussianSpanishUrdu

A casa de ópera inspirada na Vênus de Botticelli

“Quando o sol nasce, é muito bonito. Algumas cidades são ricas, mas não famosas, pois não são conhecidas por nada. Por que milhões de pessoas vão a Paris? É por causa da cultura, que é eterna. Estamos fazendo isso aqui [na China].” – Chen Keshi sobre a construção da casa de Ópera

O arquiteto chinês Chen Keshi projetou, de 2008 a 2016, um edifício que teve como inspiração a obra “O Nascimento da Vênus”, de Botticelli. A Zhuhai Opera House (Casa de Ópera Zhuhai) consiste de duas grandes estruturas que se localizam na costa chinesa. Assim, formam um grande monumento à modernidade que liga o céu, o mar e a arte.

Dessa forma, as construções de Chen Keshi representam a Vênus emergindo das águas. No entanto, diferentemente da pintura de Botticelli, a concha que utilizou de referência foi a Amusium pleuronectes, muito comum no litoral da China. As estruturas em seu formato seriam feitas em mármore, mas, por questões de degradação, executaram-nas em alumínio.

Amusium Pleuronectes(303) - MalaysiaSeaShell
Amusium pleuronectes. Fonte: Malaysia Sea Shell

Assim, na primeira estrutura da Casa de Ópera Zhuhai, que abriga uma casa de shows, os eventos que ocorrem em seu interior são projetados em LED na fachada em formato de concha. Esta, com 90 metros de altura, acomoda 1.550 pessoas e possui um auditório e um palco para apresentações.

Enquanto isso, a segunda é um pouco menor. Com 60 metros de altura, possui lugar para 500 pessoas e o intuito era que recebesse desfiles de moda, exposições de arte e outros eventos. Além disso, contém bares, restaurantes, lojas de varejo e galerias de arte.

Fonte das imagens: Hypeness

Nicole Castilho

Read Previous

Documentário conta a história dos Rios de SP

Read Next

Exposição Vidas Femininas joga luz para histórias de vida de mulheres

Deixe uma resposta