The Beatles: a arte de uma banda infinita

Os primeiros integrantes do The Beatles, não eram os 4 meninos que nós conhecemos como o quarteto fantástico. A trajetória bem sucedida teve um pontapé inicial e a pessoa responsável por isso foi John Lennon.

A música sempre esteve presente na vida de John, desde os tempos em que ele frequentava os saraus do orfanato que ficava próximo de onde morava e que inspirou o clássico Strawberry Fields Forever. Já na escola Quarry Bank High School, Lennon criou com seus colegas sua primeira banda em 1957, The Quarrymen.

Mas os garotos britânicos, John Lennon, Ringo Starr, Paul McCartney e George Harrison, estavam destinados a se conheceram em Liverpool, cidade do noroeste da Inglaterra, por volta de 1960. The Beatles foram influenciados e unidos pelo Rock and Roll e também enraizados do Skiffle da década de 1950, assumiram diversos gêneros durante a carreira: do Folk rock ao rock psicodélico.

Em alguns trabalhos, o grupo muitas vezes incorporou elementos da música clássica e outros, inovando criativamente as canções. Sucesso absoluto no Reino Unido e fora dele, estima-se que tenham vendido 1 bilhão de discos em todo o mundo.

Todas as músicas dos Beatles em ordem cronológica | Revista Bula

Os jovens Beatles logo revolucionaram o mundo da música com a ousadia dos cabelos longos e certamente rompendo uma tradição milenar. Suas canções eram todas compostas por mensagens de ruptura social e musical, deixando na juventude de uma época uma forma deslumbrante pela aceitabilidade do novo ritmo.

Ainda, podemos perceber que o grupo teve grande manifestação de símbolos pertencentes ao Regime Diurno da Imagem, característica que se justifica também pelo contexto mundial vivido na época.

Por isso é preciso compreender o trajeto antropológico pelo qual o conjunto percorreu ao longo de sua carreira e a arte musical que ganhou vida com o elenco do The Beatles.

Inicialmente, a imprensa britânica nomeou carinhosamente o movimento que influenciou toda uma geração de Beatlemania. Pois, a banda obteve grande sucesso e que acabou por tornar-se referência no cenário da música, quando observamos por exemplo as capas dos mais variados discos musicais lançados por artistas ao longo do tempo, percebe-se que além das tendências de moda e preferências de cada época, os artistas seguem e desenvolvem uma lógica singular e significativa para si, construindo trajetos antropológicos particulares e bebendo das mais diversas influências imagéticas.

Sabe-se que não apenas os artistas musicais são influenciados pelo seu imaginário como também acabam por, através de sua influência midiática, alimentar o imaginário da sociedade, influenciando-o também, como elucida Juremir Machado da Silva: “O imaginário é uma distorção involuntária do vivido que se cristaliza como marca individual ou grupal. […] o imaginário emana do real, estrutura-se como ideal e retorna ao real como elemento propulsor.”

Conheça a história das capas de 8 álbuns clássicos dos Beatles
Capa do álbum Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band / Créditos: Divulgação

No dia 21 de março de 1961, há exatos 60 anos atrás que a banda de rock foi a atração principal no Cavern Club pela primeira vez na história da casa noturna, e a partir dali mantiveram a visibilidade e notoriedade dentre a comunidade artística.

Em 1962, assinaram contrato com o empresário Briam Epstein, que mudou o visual da banda, trocando as roupas de couro por trajes formais, neste mesmo ano em agosto a banda fez sua primeira apresentação com a formação definitiva, George, Paul, John e Ringo.

Em outubro de 1962, com a gravação de “Love Me Do”, a banda participou do programa People and Places, transmitido ao vivo na TV Granada e no início de 1963 a banda estava em todas as paradas britânicas. Os “garotos de Liverpool”, ou “Fab Four” – “quarteto fabuloso” –, como eram chamados, obtiveram fama, popularidade e notoriedade até hoje inéditas para uma banda musical, e tornaram-se a banda de maior sucesso e de maior influência do século XX.

Primeiro single dos Beatles, "Love Me Do", completa 50 anos com recorde em  Liverpool - 04/10/2012 - UOL Entretenimento
Capa de “Love Me Do”, dos Beatles, gravado no dia 5 de outubro de 1962Imagem: Reprodução

Em 1964 a banda fez sua primeira apresentação em Nova Iorque, assistidos por uma multidão, a Beatlemania se espalhava por vários países. No ano seguinte a rainha Elizabeth II da Inglaterra, condecorou os Beatles com a Ordem do Império Britânico.

Seguindo um ritmo de astros da música em 1965 a banda já lançava seu sexto álbum e em 1966 a banda tira férias de três meses e, em março inicia uma turnê por cinco países, Alemanha, Filipinas, Japão, Estados Unidos e Canadá. Em 1967 o empresário morre e a banda entra em discórdia para escolher um novo empresário.

Em 1969 o grupo grava seu penúltimo álbum “Abbey Road”, quando em setembro Lennon anunciou sua saída da banda. No dia 10 de abril de 1970, Paul anunciou para o público, o fim da Banda, uma semana antes do lançamento de seu primeiro álbum solo.

O motivo do fim do grupo ainda é cercado de mistérios, mas o legado que foi deixado na autenticidade e potencialidade de suas canções jamais foi e será esquecido!

Visite o Museu dos Beatles: https://museudosbeatles.com.br/

Sabrina Nunes

Read Previous

Escute HOJE a voz do Escritor Mário de Andrade

Read Next

FGV oferecer cursos onlines e gratuitos

Deixe uma resposta