Sobre a artista: Rosana Paulino

Nascida em São Paulo, Rosana Paulino é artista visual, pesquisadora e curadora. Doutora em Artes Visuais pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo – ECA/USP, é também especialista em gravura pelo London Print Studio. Entrou no cenário artístico na década de 90, sempre com um quê afiado.

Sua produção é muito marcada por questões sociais, étnicas e de gênero. Define, em sua página oficial, como principal característica das obras a “posição da mulher negra na sociedade brasileira”, enfatizando as diferentes violências a que está suscetível devido ao racismo e das consequências da escravidão.

Tive o privilégio de ver algumas obras suas na exposição “A costura da memória”, no Museu de Arte do Rio, em 2019, sob curadoria de Valéria Piccoly e Pedro Ney, realizada pela Pinacoteca de São Paulo.

Rosana cria peças que atraem, provocam, prendem a atenção e ficam na memória por muito tempo. Não se limitam ao espaço expositivo, sabe? A artista mescla diversas técnicas – gravuras, instalações, desenhos, esculturas – para criar um conjunto com narrativas questionadoras.

Detalhe da obra “Parede da memória”, 1994/2015 (Fonte: https://www.rosanapaulino.com.br/)
“Ainda a lamentar”, 2011 (Fonte: http://www.rosanapaulino.com.br/)

Em seu blog, a artista reúne alguns textos de pesquisadores sobre a sua obra e outros autorais, vídeos, detalhes de projetos e exposições e disponibiliza para download a sua tese de doutorado intitulada “Imagens de sombras”. Vale a pena conferir!

Foto: Calso Andrade (Fonte: http://www.rosanapaulino.com.br/blog/biografia/)

Para mais informações sobre a artista, acesse o site.

Nicole Castilho

Read Previous

Casa Triângulo abre exposição da artista Vânia Mignone

Read Next

Entreolhares Universitário: Escrevivências – Itaú Cultural

Deixe uma resposta