Museu do Seridó na 20º Semana Nacional dos Museus: vozes da política e religiosidade marginais

Museu do Seridó na 20º Semana Nacional dos Museus: vozes da política e religiosidade marginais

O tema da vigésima Semana Nacional dos Museus é “O poder dos museus”. Esse poder certamente é múltiplo e complexo, dentro do qual destacamos aqui o poder de expor o que a sociedade torna invisível, o que está marginalizado. São etnias, movimentos sociais, sexualidades, religiosidades, esportes, bairros, clubes etc marginalizados que o museu pode debater, refletir com a sociedade o que é por ela marginalizado e o porquê. Esse será o mote para as nossas mesas redondas virtuais, ambas mediadas por nosso historiador, Tiago Tavares e Silva.

Na primeira, intitulada “Um poder do museu parte I: a exposição da religiosidade marginal”, dia 17 de Maio de 2022, às 16h, iremos refletir sobre o poder dos museus de ser um agente de colaboração no empoderamento de devotos marginalizados. Para tanto contaremos com a participação da curadoria da nova exposição Devoções do Seridó, a qual trata justamente das devoções não oficiais, devoções marginalizadas. E também de Gabriel de Souza Santos, relacionando equipamentos de cultura à devoção dos Negros do Rosário. Ouvir e fazer ecoar essas religiosidades marginais é um dos poderes do museu.

Na segunda, intitulada “Um poder do museu parte II: a exposição da política marginal ou os 100 anos do PCB”, dia 19 de Maio de 2022, às 16h, iremos refletir sobre o poder dos museus de ser um agente de colaboração no empoderamento grupos e narrativas políticas marginalizados. Para tanto contaremos com a participação de pesquisadores e ex-militantes do Partido Comunista Brasileiro – PCB, que neste ano completa um século de sua fundação. As narrativas aqui no Rio Grande do Norte, como em vários outros lugares pelo mundo, é predominantemente contada justamente pelos adversários dos comunistas. O próprio patrimônio cultural demonstra isso nos nomes de ruas, praças e variadas construções por todo estado. Para a conversa a mesa contará com o cientista político e professor Dr. Antonio Spinelli, o historiador e professor Dr. Diego José Fernandes Freire, o ex-militante do PCB Francisco Capistrano e o economista, pesquisador e ativista dos direitos humanos Roberto Monte.

Ainda teremos um mini curso, “Fotolinguagem”, nos dias 18 de Maio de 2022 e 20 de Maio de 2022, sempre às 15h, ministrado pelo membro do MDS/UFRN Allan Matson dos Santos Dantas, criador da exposição fotográfica “Sertânicas Paisagens do Seridó” (2019) e coautor do livro “Fotopoemas em pandemia (2021). O mini curso consiste em duas etapas, na primeira abordará as noções básicas de fotografia e composição e na segunda versará sobre a metodologia documental.

Convidamos todas e todos a participarem da nossa programação e colaborarem com os debates!

Autor: Tiago Tavares e Silva

Confira a nossa programação:

Mesa 1: Um poder do museu parte I: a exposição da religiosidade marginal, que acontecerá no dia 17/05, das 16h às 18h. Link de acesso: https://bit.ly/3Mq9Y9Q;

Mesa 2: Um poder do museu parte II: a exposição da política marginal ou os 100 anos do PCB, que acontecerá no dia 19/05, das 16h às 18h. Link de acesso: https://bit.ly/39tTeQm;

Mini curso: Fotolinguagem, que acontecerá nos dias 18/05 e 20/05, das 15h às 17h.

Nossa programação na 20ª Semana Nacional de Museus
Confira a nossa programação na 20ª Semana Nacional de Museus.

Read Previous

MAM convida: Vivências de brincadeiras indígenas, com Anderson Kary Báya (grátis)

Read Next

Caixa Cultural SP convida: Oficina gratuita de Macramê

One Comment

  • Gostaria de participar do curso foto imagem.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.