“Marc Chagall: sonho de Amor” no CCBB Brasília (grátis)

Quando: 02/07 até 18/09/22 – Valor: Grátis

Esta exposição mostra a trajetória de vida e obra do pintor Marc Chagall, que com seu lirismo e uso revolucionário da forma e da cor criou um universo único que marcou a arte do século XX.


Entre 1922 e 1981, criou mais de 180 obras, entre pinturas, aquarelas, litografias e gravuras, abrangendo seus temas mais queridos: a infância e as tradições russas, o sagrado e suas manifestações, o amor e o mundo mágico em ilustrações alegóricas. La Fontaine.


Esta exposição mostra a evolução da obra do artista ao longo de cinquenta anos, centrando-se nos principais temas que inspiraram a sua prática e vida: as suas origens e memórias de infância; as tradições russas e judaicas que abraçou desde cedo; o seu Espiritualidade profunda, resultando em criações muito fortes, principalmente aquelas baseadas na Bíblia; literatura, um de seus hobbies; flores e amor. Chagall usou sua imaginação exuberante para criar um universo paralelo único, cheio de vida e cores vibrantes. Como ele mesmo disse: “Na vida, como na paleta de um artista, há apenas uma cor que dá sentido à vida e à arte: é a cor do amor”.

A curadoria é de Dolores Duràn Ucar.

Sobre Marc Chagall

Durante sua vida, Marc Chagall (Vitebsk, Rússia, 1887 – Saint Paul de Vence, França, 1985) construiu seu mundo através de suas pinturas e escritos. Um mundo lírico, poético e onírico onde tudo é possível. Um mundo de sonhos e cores, em sombras cintilantes – cores intensas que dão vida a paisagens e personagens, reais e fictícios, estão em sua obra.
Ainda jovem, instalou-se em Paris, onde passou a maior parte da vida e foi exposto à vanguarda artística do início do século XX. Suas criações foram influenciadas pelo cubismo, fauvismo, surrealismo e Orfeu, mas seu desejo de independência e liberdade o impediu de ingressar nesses movimentos – ele foi um homem que criou um artista de estilo completamente pessoal e único.

Embora Chagall tenha passado a maior parte do tempo fora de casa, suas memórias de infância e sua amada herança de Vitebsk e russa foram elementos constantes ao longo de sua carreira.

Fonte, texto: CCBB Brasília

Read Previous

AUXILIAR EDUCATIVO- Companhia de Dança

Read Next

Técnico de Audiovisual – PINA

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.