Melhores séries sobre mitologia indígena

Já falamos bastante sobre várias indicações de filmes e séries aqui. E por mais que nós tenhamos a tendência de glamourizar a cultura exterior, sempre é bom lembrar das nossas raízes. Por isso, nós do Click Museus separamos hoje indicações de séries sobre mitologia indígena.

Estas são produções muito interessantes que podem realmente ajudar você a entender um pouco mais sobre a cultura nativa do nosso país. Vamos conferir?

Séries sobre mitologia indígena

Primeiramente é importante lembrar que fizemos as nossas escolhas baseadas na facilidade que você tem de encontrar o material. Por isso, ambas as produções se encontram disponíveis na Netflix.

Mas se quiser alguma outra dica fora do serviço de streaming, fala aí nos comentários que pode nos motivar a criar uma outra lista interessante.

Frontera Verde

Embora esta série não se passe exatamente no Brasil, o enredo todo é baseado em mitologias indígenas de tribos em comuns com as nossas. Até porque ela está centralizada na floresta amazônica.

A história gira em torno de 4 missionárias que são assassinadas, o que gera uma investigação da parte de Helena, responsável pelo caso.

Durante a série, vários mistérios vão se desenvolvendo, sempre com muita tensão e suspense no ar. Com uma fotografia incrível e um enredo de qualidade, é muito fácil ficar imerso na história.

Recomendado para qualquer um que queira ver um pouco mais da flora, fauna e cultura das nossas américas.

Cidade Invisível

Esta segunda opção teve muito mais aderência do público brasileiro, até porque teve seu marketing melhor trabalhado.

De qualquer forma todo o trabalho foi feito com extrema qualidade e com nomes de peso da atuação nacional.

O enredo fala de um homem, que após sofre uma tragédia pessoal, acaba encontrando um mundo de seres folclóricos vivendo entre os humanos, assim como vários mistérios que assolam seu passado.

Um material que vale a pena.

Mas e aí, tem algum outro que você queira recomendar? Então deixe sua indicação nos comentários.

Até a próxima!

Read Previous

Tour Virtual no Museu Histórico da Imigração Japonesa

Read Next

Como encarar a fotografia como arte?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.