Museu Sigmund Freud reabre com um novo olhar

Foto: divulgação

Por quase cinco décadas, Sigmund Freud morou na Rua Berggasse, em Viena, lugar onde também estabeleceu seu consultório médico. O atual Sigmund Freud Museum  conta a história do pai da psicanálise por diferentes vertentes, desde a vida familiar, até seu avanços na chamada “cura pela fala”.

O Museu, após um ano e meio fechado para reformas estruturais, reabre com quase o dobro do tamanho. E, pela primeira vez, todos os quartos da família Freud estarão acessíveis, incluindo seu “primeiro consultório”, localizado no andar superior.

O edifício, originalmente preservado, nos concede uma experiência autêntica. E as várias exposições (objetos, manuscritos históricos, fotografias) destacam suas estações profissionais e apresentam um novo olhar sobre a biografia de Freud, seus pensamentos, triunfos, e até alguns pontos questionáveis de seu trabalho figuram as paredes do Museu.

Renata Rodrigues

Read Previous

Leonor Antunes cria instalação inédita no Museu de Arte Moderna do Luxemburgo

Read Next

Obras de Augusto Cardoso deverão ser tombadas como patrimônio cultural

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: