ArabicBengaliChinese (Simplified)EnglishFrenchHindiPortugueseRussianSpanishUrdu

4 principais vocalistas indígenas da música brasileira

Que grande parte da cultura nacional do nosso país é composta de elementos nativos de várias tribos, nós sabemos. Mas você saberia me citar os principais vocalistas indígenas da música brasileira?

Afinal de contas, mesmo sendo uma grande parte das raízes culturais brasileiras, infelizmente vemos pouca representatividade na cultura nacional. Entretanto, nós do Click Museus estamos aqui para entregar uma revolução sobre o assunto.

Vamos conferir?

4 principais vocalistas indígenas da música brasileira

Primeiramente é importante dizer que estes são só alguns exemplos. É possível encontrar ainda mais opções interessantes por aí. Basta pedir para gente nos comentários que adoraremos criar uma parte 2.

1 – Sonissini Mavutsini

Então, este não é um nome de um vocalista, e sim de uma banda completa criada pela artista Lappa, de etnia Yawalapiti. Primeiramente o objetivo da banda é criar sonoridades nativas e tradicionais junto de elementos do reggae.

As composições são feitas nas línguas do Xingu, mais especificamente Karibe e Tupi.

2 – Arandu Arakuaa

Com uma proposta completamente fora da caixa, a banda Arandu Arakuaa é a pioneira em criar Heavy Metal em tupi-guarani.

Foi formada em 2008 com iniciativa de Zândhio Aquino, que traz um Heavy Metal clássico com toques tribais.

Traz em suas letras as lendas e lutas dos povos nativos do país.

3 – Edivan Fulni-ô

Este é um artista solo bastante competente que tem utilizado os elementos da música indígena, principalmente de sua etnia Fulni-ô.

Sendo o próprio compositor de suas canções, este profissional utiliza a música indígena moderna como uma ferramenta para a sobrevivência dos nativos do país.

4 – Nory Kaiapo

Esta é uma artista que faz parte da etnia Kayapó e vive no estado do Pará, município de Novo Progresso.

Seu canal do Youtube já conta com mais de 20 mil seguidores e está crescendo com bastante velocidade.

Por mais interessante que seja, sua “pegada” musical é o funk indígena, e ela teve seu maior destaque até o momento com seu álbum chamado Hina Hina. 

As composições são feitas na linguagem nativa dela, além de ter letras conscientes.

Então por hoje é isso, acredito que você já tenha bastante material para conferir. Qualquer outra dúvida sobre o assunto estamos à disposição, ok?

Até a nossa próxima dica!

Foto de Capa: Arandu Arakuaa -Wikipédia

Click Museus

Read Previous

Vilarejo na Rússia feito por impressora 3D – Será Verdade?

Read Next

MASP – Museu de Arte de São Paulo [Confira Tudo]

Deixe uma resposta