Suécia inaugura a primeira biblioteca de livros censurados do Mundo

Este ano, a primeira biblioteca de livros censurada do mundo, chamada Dawit Isaak, foi inaugurada no prédio do Arquivo Geral em Malmö, no sul da Suécia. O nome homenageia jornalistas e escritores presos sem julgamento no país africano da Eritreia desde 2001 por publicarem críticas ao regime.

Crédito da Imagem: Novaterapia

A coleção inclui obras antigas e contemporâneas cujo uso é proibido em determinados lugares do mundo, incluindo canções e peças de teatro. O objetivo é coletar livros censurados ou livros sujeitos a qualquer forma de proibição, incluindo livros que foram queimados no passado. Deve-se lembrar que não apenas os livros são censurados, mas os escritores geralmente são ameaçados, presos ou exilados.

A biblioteca possui atualmente 1.600 projetos e planos de expansão com novas propostas. Cada livro fornece informações sobre o motivo da revisão, prazo e local. Além disso, existem materiais sobre liberdade de expressão, censura e democracia. Os exemplos incluem títulos como “Versos Satânicos” de Salman Rushdie, que é considerado uma ofensa ao Profeta Muhammad.

Crédito da Imagem: Novaterapia

Existem também obras que foram proibidas por atentarem contra a moral e os bons costumes e causarem escândalos sociais. Considerado subversivo, profano ou obsceno, como “Lolita” de Vladimir Nabokov (1955), que foi afetado em vários países incluindo o Brasil Reveja.

Crédito da Imagem: Novaterapia

O Livro 1984, publicado por George Orwell em 1948, teve como tema comentários sobre regimes totalitários e foi censurado nos Estados Unidos e na União Soviética. A trilogia “Cinquenta Tons de Cinza” de E.L. James foi banida da pornografia em muitos lugares.

Fontes: Nota terapia

12 Comments

  • E já terão o livro “Quando os lobos uivam” do Aquilino Ribeiro?

  • PARABÉNS! Quando teremos disponibilizados livros do Vaticano????

    • Não me lembro do Vaticano ter censurado seus próprios livros. Vamos lá, conte mais sobre isso. Estamos curiosos.

  • Eu tenho um livro, com cinco edições apreendidas e incineradas, atualmente, no Brasil. O ditador do cerrado…
    rinaldocampos.campos@gmail.com

  • “(…) e Munro Leaf proibiu Touro Ferdinando de estar em Franco, na Espanha. Foi proibido durante o regime irmão”. Qual é o sentido desta frase?

  • Tengo dos revistas que edite (1988) en la dictadura civico-militar que encabezo el General (E), Augusto Pinochet Ugarte. Deberían ampliar la biblioteca a revistas, boletines y folletos pues el conocimiento humano es muy vasto y son el “retrato” y testimonio de una época determinada y contingente que muchas veces no esta estipulada en libros,cuyo tratamiento o trabajo es más complejo y de “largo aliento”.En todo caso, la iniciativa es excelente.(Jorge Oporto Marín. Periodista. Chile).

  • Deberían ampliar la biblioteca a revistas, boletines y folletos pues el pensamiento humano es muy vasto y estos medios “retratan” y son testimonio de una época determinada y contingente que muchas veces no esta en los libros que requieren más trabajo y son de “largo aliento”. Tengo dos revistas que edite en 1988 bajo la dictadura cívico-militar que encabezó en General de Ejército, Augusto Pinochet Ugarte.(Jorge Oporto Marín. Periodista.Chile).

  • E será que um dia poderemos baixar tais livros??

  • […] A primeira biblioteca de livros censurada do mundo, chamada Dawit Isaak, foi inaugurada no prédio do Arquivo Geral em Malmö, no sul da Suécia. O nome homenageia jornalistas e escritores presos sem julgamento no país africano da Eritreia desde 2001 por publicarem críticas ao regime. Juliana Rangel – Click Museus […]

    • A peça teatral “Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”, do autor brasileiro Paulo Pontes. Aliás, o Brasil é um local de muitos autores e obras censuradas.

  • A Bíblia… sua posse acarreta pena de morte em vários países, como Afeganistão e Coréia do Norte, e prisão em vários outros, como a China e vários países do Oriente Médio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sair da versão mobile