Museu do Pontal convida: modernismos, arte e cultura popular (grátis)

DESCRIÇÃO DO EVENTO

Em meio às comemorações dos 100 anos da Semana de Arte Moderna (1922-2022), o Museu do Pontal propõe dois encontros para debater sobre “modernismos, arte e cultura popular”.  O ato de comemorar implica não só lembrar e memorar algum evento, como também uma oportunidade de repensar seus significados, limites e transformações.   

Este evento busca colocar em destaque as relações entre modernismos e cultura popular brasileira e, ao mesmo tempo, rever, pensar, entender melhor as conexões que podem ser feitas a partir de um museu de arte popular.  

Entre as principais questões, iremos discutir as narrativas dos intelectuais e artistas considerados modernistas em torno da cultura popular. Quem eram esses intelectuais e artistas?  É possível considerar que realizaram, no campo da literatura, artes plásticas e música, algum tipo de descobrimento do Brasil popular e negro? Como articularam modernismos e populares? Que relações podemos estabelecer entre a ideia de antropofagia e de apropriação cultural? 

Clique Aqui para se inscrever.

1º ENCONTRO  

21 de maio de 2022 

10h – Abertura: Lucas Van de Beuque, Angela Mascelani, diretores do Museu do Pontal, e Martha Abreu, historiadora

10h30 às 12h – Disputas de memória: Por que debater a semana de arte moderna de 1922? 

Palestrantes: Durval Albuquerque Junior e Angela Castro Gomes   

Mediação: Juliana Pereira 

14h às 15h30 – Qual o papel da cultura popular e de seus agentes nos rumos do modernismo?  

Palestrantes: Maria Laura Cavalcanti e Martha Abreu 

Museu do Pontal

Situado no Rio de Janeiro, o Museu do Pontal é considerado o maior e mais significativo museu de arte popular do país. Seu acervo – resultado de 45 anos de pesquisas e viagens por todo país do designer francês Jacques Van de Beuque – é composto por cerca de 9.000 peças de mais de 300 artistas brasileiros. Em 2021, o Museu irá ganhar uma nova sede, na Barra da Tijuca, construída especialmente para abrigar o acervo com mais segurança e proporcionar maior conforto ao público.

Fonte, foto e Texto: Museu do Pontal

Read Previous

Museu Imperial oferta: curso de atualização para Guias de Turismo (grátis)

Read Next

Casa Guilherme de Almeida convida: Oficina de Tradução de Poesia (grátis)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.